sábado, 18 de junho de 2011

Chegando e Invadindo

Eu não consigo parar a raiva que sobe em mim
Os vermes criaram sem calcular o fim
Os hipócritas falam mau
Sem saber que podem ser a vitima fatal
Sobrevivo na incógnita da vida
Que ás vezes é um tanto sofrida
Lutando pra ser um negro tipo A
Batendo de frente com aqueles que querem me parar


Estou invadindo
Eu vou me intrometendo
Sei que uma hora vai chegar o meu momento


Sei agora é hora de me refazer
Estudar e sempre aprender
Ouvindo rock sujo e barulhento
É nessa sinfonia que bate o vento
Cansado de perder
Ta na hora de ganhar


Estou invadindo
Eu vou me intrometendo
Sei que uma hora vai chegar o meu momento

No vazio do meu eu
Eu penso e reflicto
O que podemos conquistar sem o conflito ?
Violência faz parte da sobrevivência
E disso eu faço questão de ter consciência
Sempre muita fé em Jah
Porque só ele pode nos salvar


Estou invadindo
Eu vou me intrometendo
Sei que uma hora vai chegar o meu momento
...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Fantásticos

É foda como pessoas boas se vão assim
Seja pra longe  ou pro seu eterno fim
São eternizadas em nossas memorias
Lembradas sempre na tristeza ou nas glorias
Ruim é quando não podemos dá nosso ultimo adeus
Mas há entregamos sempre a Deus

Adeus fantásticos
Nunca irei equecer
Suas lembranças nunca irão esvaecer

Num futuro próximo iremos nos encontrar
Ai o tudo vai se por no seu lugar
Talvez eu queira voltar no tempo
Só para não deixar escapar os bons momentos
Sei que posso fazer o mundo dá voltas
Mas a distância entre nos me fez tanta falta

Adeus fantásticos
Nunca irei equecer
Suas lembranças nunca vão esvaecer

Velhas lembranças me fazem chorar
É tanta coisa boa a relembrar
O amor e amizade faz tudo estremecer
Porque essa daqui é mas uma para voces.......