quinta-feira, 4 de julho de 2013

O amor Boêmio


Não negue meu amor morena 
Essa alma tão pequena 
Que te quer no ápice
Abençoando com um cálice
Sei que não sou o afortunado que te aguardas 
Mas minhas promessas são tão claras 
Abrace para minha simpatia 
Meu pensamento é seu noite e dia

Me olha nos olhos fala o que sente 
Trás de volta amor 
Para esse coração sofredor 
Que bati por ti 

Franco estou para tu
Largo a boêmia se me disser "I LOVE YOU"
Quanta luz no seu sorriso 
Se apaixonar é fatídico 
Como um pássaro e a flor eu friso
Acredita nessa paixão que é verídico 
No seu andar fui buscar 
O melhor colírio para me curar 

Me olha nos olhos fala o que sente 
Trás de volta amor 
Para esse coração sofredor 
Que bati por ti 

Você é a rosa sem espinho 
Acompanha esse peito sem carinho
Ilumina meu caminho 
Quero provar seu beijo como vinho 
Regressar aquele amor adolescente
Com energia e contente

Me olha nos olhos fala o que sente 
Trás de volta amor 
Para esse coração sofredor 
Que bati por ti...




4 comentários:

  1. O amor sempre inspira, sendo ele vivido ou não. Mas nesse samba tem um quê de veracidade que me aproximou -um pouco mais- da da dor,da angústia de quem o escreveu. Mas, como bem sabemos, o poeta é um fingidor...

    ResponderExcluir
  2. Em tratar de sentimentos, sempre haverá letras de músicas.

    Comente o meu tbm!

    http://www.emquestao.org

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Olá ! Parabéns pelo seu blog ! Show de bola ! Achei interessante e adorei ! Vou participar ...
    Quando puder visite o meu blog também.

    http://maosecrets.blogspot.com.br

    Foi criado para pessoas apaixonadas (não possui conteúdo adulto) e é livre para todos os públicos. Fica com Deus e um abração !

    ResponderExcluir
  4. intenso teu poema. parece mesmo música...

    http://mmelofazminhacabeca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir