terça-feira, 24 de maio de 2011

Decadência

Olho no espelho fico estagnado
Logo me estranho
 com os fantasmas do passado
Desesperado
Em decadência
Sem a eterna paciência
De um vencedor
Sem sorte no amor
Sonhando um dia em ser doutor
Lutando contra mim
Não vejo a hora disso tudo ter um fim

Mas eu persisto
Mesmo perdido
Eu ainda insisto

Palavras são só palavras
Ofensivas ou não elas não passam de ilusão
O que vale é a ação 
ação que faz tudo mudar
E do jeito que está não dá para ficar
O preço é alto para quem quer fazer o que quer
Sempre se paga o preço por se mostrar o que não é

Mas eu persisto
Mesmo perdido
Eu ainda insisto


Coragem e fé sempre comigo
Eu sei eu posso eu consigo
Porque quando eu vencer

Fazendo por merecer
Vocês vão ver o mundo tremer....

Mas eu persisto
Mesmo perdido
Eu ainda insisto


Não posso esperar a morte chegar
Nem com a sorte contar
Nem me desesperar
Buscando meu lugar ao sol
E mas uma tarde no farol
Mas depois da noite fria
Teremos força para aguentar durante o dia

Mas eu persisto
Mesmo perdido
Eu ainda insisto

Nenhum comentário:

Postar um comentário